Lição 11 - Detalhes sobre Faces e Expressões



 

 

Terminada a enquete que durou 4 meses, tivemos a escolha da lição 11, que tratará sobre "Detalhes sobre Faces e Expressões", com margem de 45,45% dos votos. O tema "personagens femininos" ficou com 36%.

 

Passamos então a estudar os detalhes sobre faces e expressões, que dividirei em três partes, nesta mesma aula. Primeiro, analisaremos melhor o desenho da cabeça (crânio, mandíbula) em diversos ângulos. Na segunda parte, colocaremos a exemplificação de algumas expressões usuais. Finalmente, na terceira parte, revisaremos algumas técnicas para desenhar pessoas, a partir de fotos, que expus no FAQ.


 

PRIMEIRA PARTE - CRÂNIOS

Como já analisamos na lição 4, é muito importante ter em mente quando se desenha a cabeça de um personagem, a exata posição do crânio, o que evitará desenhos tortos ou sem perspectiva. Para isso, eu afirmava que era legal saber a posição do crânio antes de desenhar o rosto do personagem, para saber a posição dos olhos e do maxilar, sabendo se a boca estará aberta ou fechada. Um site bem legal que permite a qualquer pessoa ver a perspectiva em 3D de um crânio (bastando o registro gratuito) é o www.visiblebody.com, que ainda permite a superposição de músculos (ainda que ligeiramente atrofiados).

Neste site eu colhi as seguintes imagens para exemplificar o que digo: 

Nas imagens acima, temos o crânio em diversas posições, girando para cima, sendo que a última imagem, eu coloquei os musculos do pescoço para facilitar os desenhistas, que usem esta imagem como modelo. Em azul, nas imagens acima (e nas próximas,  temos a cartilagem do nariz (para melhor vizualização do exemplo).

 

Já nestas imagens acima, temos o crânio numa posição em diagonal, e, após, girando para cima.

 

Seguindo este estudo, temos o crânio numa posição lateral, e, após, girando para cima. Na posição com músculos, vemos os músculos do ombro (deltóides) em primeiro plano.

 

Agora, vemos a torção para trás. Na posição com músculos, vemos os músculos do pescoço (trapézio e parte dos frontais).

 

Finalmente, temos a o crânio visto de cima.

 

Desta Forma, o que temos é o seguinte: a partir destes crânios, escolhida a posição, você encaixa o biotipo do personagem, seja qual tipo de cabelo ele tem, se a sobrancelha é comprida, se tem "costeletas", se o nariz é pontiagudo ou redondo, se a boca é pequena, se é bochechudo, se os ossos da face são saltados, e se o queixo é largo ou fino. Vejam os exemplos abaixo (clique na imagem para ver maior):

                   

 


 

 

SEGUNDA PARTE - EXPRESS?ES

Nesta parte, serei mais prático e colocarei alguns exemplos das expressões mais usuais encontradas nos personagens. Entenda que as expressões decorrem da sincronia de alguns músculos da face, que afetarão a pele e os órgãos que compõem o rosto da pessoa. Assim, por exemplo, levantando-se a sobrancelha teremos uma expressão de alegria ou surpresa, e por aí vai.

Vejamos os exemplos:

 

Normal - olhos alinhados e semi-abertos (desenha-se metade da íris). Sobrancelhas alinhadas. Boca levemente curvada para baixo.

 

Incomodado - olhos alinhados e semi-abertos . Sobrancelhas levemente arqueadas para baixo. Rugas na Testa. Boca curvada para baixo.

 

 

Relaxado - olhos alinhados e semi-abertos . Sobrancelhas levemente arqueadas para cima. Boca levemente curvada para cima.

 

 

Triste - olhos alinhados e abertos . Sobrancelhas arqueadas para cima. Rugas na Testa. Boca curvada para baixo. Bolsa embaixo dos olhos.

 

Cansado - olhos alinhados na horizontal e quase fechados.  Sobrancelhas alinhadas, levemente arqueadas para baixo. Boca em "S" para baixo. Marca de expressão ao lado da boca.

 

Nervoso - olhos alinhados e semi-abertos . Sobrancelhas arqueadas para baixo. Rugas na Testa. Boca aberta, com dentes cerrados, e para baixo. Rugas leves de expressão no nariz.

 

Feliz - olhos alinhados e fechados . Sobrancelhas levemente arqueadas para cima. Boca aberta, com dentes cerrados, e para cima. Rugas de expressão no nariz.

 

 

Choro - olhos alinhados e fechados. . Sobrancelhas arqueadas para cima. Rugas na Testa. Boca levemente aberta. Bolsa embaixo dos olhos.

 

 

Entediado - olhos alinhados e abertos , olhando para cima e ao lado. Sobrancelhas desalinhadas, uma para baixo e uma para cima. Boca em "S" para baixo. Marca de expressão ao lado da boca. Rugas na Testa.

 

Furioso - olhos alinhados e semi-abertos . Sobrancelhas bem arqueadas para baixo. Rugas na Testa. Boca aberta e para baixo. Rugas de expressão no nariz. Bolsa embaixo dos olhos.

 

Boa Surpresa - olhos alinhados e bem abertos . Sobrancelhas desalinhadas, uma arqueada para cima e uma para baixo. Boca aberta, e para cima. Rugas na Testa.

 

 

Desespero - olhos alinhados e abertos . Sobrancelhas arqueadas para cima. Rugas na Testa. Boca bem aberta. Bolsa embaixo dos olhos. Rugas de expressão no nariz.

 

 

Suspeita ou Dúvida - olhos alinhados e semi-abertos. Sobrancelhas desalinhadas, uma para baixo e uma para cima. Boca levemente curvada para baixo. Marca de expressão ao lado da boca. Rugas na Testa

 

Louco - olhos abertos e olhando para baixo. Sobrancelhas alinhadas, para baixo. Boca levemente curvada para cima. Rugas de expressão no nariz. Rugas na Testa.

 

Surpresa Ruim - olhos alinhados e bem abertos . Sobrancelhas alinhadas, para baixo. Boca aberta, e para baixo. Rugas na Testa.

 

 

 


 

 

TERCEIRA PARTE - C?PIAS DE FOTOS

Nesta parte, relembrarei algumas noções que coloquei no FAQ, a respeito da cópia de fotos.

O rosto é difícil de ser copiado. Sugiro que amplie a foto no tamanho que  quiser. Após isso, copie o rosto em papel vegetal. Faça várias cópias (rascunhos) até você ficar satisfeito. É importante não exagerar nas linhas de expressão e na divisão dos dentes (utilize menos preto nas linhas, use as diferentes tonalidades do rosto para tanto, use cinza e marrom). Caso faça as rugas muito fortes, você estará envelhecendo artificialmente a pessoa. Por isso é importante tentar "pegar leve" no lápis na hora do desenho. Assim, o desenho ficará mais parecido com a realidade, e, ?s vezes, você conseguirá uma “maquiada” artística na pessoa, algo que a pessoa desenhada gostará...

Veja abaixo um exemplo do excesso nas linhas de expressão e dentes.

Além disso, a prática é essencial. Use os retratos com folhas transparentes por cima e desenhe os pontos do rosto que julgar mais importante (olhos, boca, nariz). Evite num primeiro momento desenhar rugas, que dão um ar pesado para o desenho (desenhe as sombras do nariz bem de leve). Também evite desenhar o contorno inteiro dos olhos. Lembre-se que as linhas cor da pele não devem ser desenhadas (no máximo, desenhe bem de leve). Se julgar necessário, inclua outros detalhes do rosto para ficar mais parecido, como o osso da bochecha.

 

Quanto aos cabelos, o básico é não desenhar cada fio do cabelo da pessoa. Isto é o básico (conforme visto na lição 4). Para desenhar os cabelos, primeiro você não pode errar no tamanho da cabeça e não pode errar no tamanho que o cabelo alcança fora da cabeça. Assim, partindo do esboço, em que a cabeça e o cabelo estão proporcionais, temos diversos tipos de cabelo, mas que se encaixam em, basicamente, três tipos: lisos, ondulados e encaracolados. As linhas devem seguir, então, lisas, onduladas ou encaracoladas. Para a pintura, as nuances das cores facilitam o processo, utilizando cores com claro (luz) e escuro (sombra). No desenho, você deve colocar as linhas geralmente nos lugares mais escuros, diminuindo a quantidade nos lugares mais claros. Abaixo, você tem esses três tipos de cabelo. O encaracolado são fios com mudança na curvatura sem um padrão específico. Desenhe com a mão leve. Treine. Ao lado um exemplo de topete ondulado. E ? direita, um exemplo dos fios lisos.

Lembre-se: os fios nunca devem cruzar ? frente um do outro, ou ficar em sentidos diferentes. Abaixo temos alguns modelos de cabelos encaracolados, ondulados e lisos. Clique nas imagens para ampliá-las. Abraços.

 

 

 

 

 

 


Fim da Lição. Clique Aqui para ir ? próxima lição.

Mande suas dúvidas sobre Expressões e Faces para nosso FAQ. Clique Aqui.

 

 

 Links Diretos: Página Inicial | Lição 1 | Lição 2 | Lição 3 | Lição 4 | Lição 5 | Lição 6 | Lição 7 | Lição 8 | Lição 9 | Lição 10 | Lição 11 | Lição 12 | Lição 13